19225879 1090859887713705 1768119028506139705 nA audiência pública da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) desta quarta-feira, 14, contou com a participação de Augusto Fábio Oliveira e Leilton Almeida, secretário Municipal e coordenador Geral de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), respectivamente. A pauta foi a apresentação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O vereador Professor Bittencourt (PCdoB), líder do prefeito na CMA, elogiou o trabalho da equipe e reforçou o compromisso da PMA.

“Parabenizo a participação de Augusto Fábio e reafirmo a competência e o compromisso que ele tem demonstrado nas ações frente à Seplog. Agradeço, também, ao Leilton, por discutir e apresentar todos os encaminhamentos da LDO. A participação dos vereadores foi de grande importância para esclarecer todos os aspectos que permeiam essa Lei”, comentou Bittencourt.

A ocasião foi oportuna para o debate sobre a LDO que, além de prever receitas e despesas fixadas para o Município em 2018, servirá como mecanismo de orientação para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), que estabelecerá prioridades para o uso de recursos oficiais e execução de programas.

Ainda de acordo com o vereador Bittencourt, a presença dos representantes da Seplog foi providencial para a compreensão da Casa Legislativa. “A apresentação foi clara e objetiva para que todos entendam que, a partir da LDO, a PMA terá o norteamento geral desse orçamento que haverá de ser construído, além das metas e prioridades construídas a partir do equacionamento tanto de despesas quanto de receitas. Tudo precisa estar muito bem alinhado financeiramente para atender aos anseios da população”, pontuou o líder do prefeito na CMA. 

Bittencourt agradeceu aos técnicos da Seplog pela disponibilidade e pela transparência. “A PMA está trabalhando e construindo essas questões que não são tão cômodas, nem fáceis de ser geridas e tratadas. A Administração Municipal tem dado exemplo da transparência e vontade de acertar. Em momento algum rejeita qualquer crítica ou ação propositiva”, afirmou.

O vereador Bittencourt também destacou a presença dos membros do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sepuma) na Audiência Pública. “Sabemos das lutas diárias dos militantes em favor do interesse do servidor e a presença deles foi fundamental para conhecer a fundo o que é a LDO.  É o espaço do debate e da divergência. Sou professor e sei as dores e as delícias dos profissionais. Para mim é difícil ver os riscos e os desafios da PMA para atender aos anseios dos servidores, especialmente o sobre o piso dos professores. A PMA não mede esforços e vem reconstruído uma cidade que foi encontrada com uma administração à deriva e cheia de problemas, especialmente na parte financeira”, complementou.

Foto: Assessoria do parlamentar

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3